Psicose Ambientalista

A onda da vez é falar de sustentabilidade, aquecimento global antrópico, camada de ozônio e afins. A maré de informações que vomitam sobre nós é, pode-se reparar, um verdadeiro conjunto de repetições, exageros e mentiras.

Parece haver um consenso entre a mídia e alguns líderes no que tange tais temas, tornando, deste modo, verossímeis as afirmações proferidas.

  • Mas será que é mesmo verdade tudo que nos contam?
  • A mídia (marxista) é confiável?
  • Os professores e outros que estudaram com tais professores, tendo as mesmas formação e informações – e nenhuma outra mais – são de confiança?
  • Merecem credibilidade dados falsos ou incompletos, gráficos forjados, inverdades e mentiras convenientes?

A sociedade, de um modo geral, não sabe que existem (e muitos) cientistas, estudos e mesmo leis da natureza que refutam toda a baboseira que ambientalistas radicais e líderes de esquerda nos ensinam como verdades dogmáticas.

Psicose ambientalista é um dos poucos livros em português que dedica-se a enfrentar o desafio que é peitar as mentiras e exageros sobre o meio-ambiente, desenvolvimento, relação homem-natureza e outros assuntos de naipe ecológico já tidas como verdades.

O livro do intelectual e príncipe imperial Dom Bertrand de Orleans e Bragança é um apurado impressionante de dados, estatísticas, imagens, depoimentos e declarações de cientistas e estudiosos do mundo inteiro que fazem cair por terra as informações dos fanáticos pela natureza e ajudam a defender o natural direito de propriedade e o desenvolvimento.

Vale salientar que o livro não faz apologia à destruição da natureza, ao desmatamento ou a qualquer coisa que o valha; mas que deixa claro que é preciso haver uma moderação e uma divulgação da verdade quanto à natureza e a ação do homem sobre a mesma.

Recomendo fortemente a leitura desta obra sensacional que ajuda a entender nossa situação atual, o porquê de tanta mentira que se usa da natureza para justificar algumas ações políticas e/ou econômicas, quais as reais intenções destas pessoas et coetera.

Clique na imagem do livro para adquirir um.

Anúncios